21 novembro, 2006

FCPORTO - académica

Os jogos que antecedem as partidas decisivas da Liga dos Campeões são por norma uma seca. Este não fugiu à regra. Apesar disso, o Porto controlou totalmente a partida, tabém porque do outro lado está mais uma das equipas do "deixa-jogar-os-outros-enquanto-nós-defendemos-e-tentamos-sacar-um-chouro".
O primeiro golo surgiu apenas aos 50 minutos, por Postiga pois claro. Tivemos oportunidade de alargar o marcador, mas foram os estudantes que acabaram por reduzir sem que nada tenham feito para isso.
Pepe fez justiça aos 84 minutos e deu mais uma vitória ao Porto, que continua intocável em casa.

Este campeonato é uma seca.

7 comentários:

Adepto Fanático disse...

Mais um golo fora de jogo. Não viste outra vez, foi ?

Catarina disse...

Por acaso não. Lá não vi e não cheguei a ver resumos na tv. Mas se tu o dizes a malta não duvida. Esta Liga é uma roubalheira! Porto prá segunda

Pulga disse...

loooool

Adepto Fanático disse...

Que conveniente . . .

Catarina disse...

Não se trata de conveniência, não vi mesmo. Mas eu prometo que ainda vou tentar ver só para vir aqui dizer: é mão, é fora de jogo, foi uma grande roubalheira.

Bacalhau disse...

É verdade... mão do Quaresma e golo em fora-de-jogo do Postiga

O golo devia ter sido anulado...

O árbitro errou.

1893 disse...

ela nao viu mesmo... bazou mais cedo...

mas foi mesmo uma merda de jogo...