30 junho, 2006

Portugal - Holanda

Ora aqui estou eu para comentar a passagem de Portugal aos quartos-de-final. Desculpem o atraso (eu sei que deve custar andar sempre aqui a ver quando posto, mas ao contrário de muito boa gente eu tenho vida), mas ainda vou a tempo de dizer o que penso.

Ora bem, quanto ao jogo em si quase tudo já foi dito nos últimos dias: porrada, porrada, porrada e muito pouco fair-play. Foi "quentinho" e eu gostei por isso.
Maniche marcou depois de uma grande jogada (aleluia!) e finalmente relembrou-nos o que já foi capaz de fazer (é lixado ter que fazer pela vida não é? Vá, arranja lá um contrato fixe para fugires da Sibéria). Depois a Holanda mandou uma bola à barra (lá estava a Caravaggio para proteger o pessoal) e pouco mais de futebol se viu (eu ainda vi um pontapé do Nuno Valente ao Robben tipo Kill Bill em plena área mas fui só eu porque nem se sabe muito bem o que o árbitro marcou para anular a jogada e ninguém fala disso).
Portugal controlou o jogo, soube lutar até ao fim (uns tiveram que ficar pelo caminho porque aquilo já estava a ficar cansativo e nos balneários há um jacuzzi porreiro - não é Costinha?) e mereceu a vitória.
Se acham que ando a engolir muitos sapos, enganam-se. Não tive uma só surpresa nos oitavos-de-final, então quando vi a Holanda a entrar no jogo de nervos no qual somos peritos (volta João Pinto, estás perdoado) tive a certeza que estava no papo. De resto, não mudei de opinião em relação a nada. Não sou de torcer contra Portugal no Euro2004 e agora vibrar com praticamente os mesmos jogadores. Sou coerente e, como tal, continuo neutra nisto de Mundial.

Entretanto, nos últimos dias, Portugal entrou numa de conversa de putos: "foi a Holanda que começou!" enquanto os holandeses se auto-criticaram. É engraçado que isto aconteça sendo que nós temos um historial de fair-play que fala por nós e a escola holandesa é um exemplo mundial de bom comportamento. Mas isto não interessa para ninguém porque o 1º a dar foi o não sei quantos ao Cristiano Ronaldo e o menino teve que sair (e ele até estava a ser tão determinante!). A única coisa positiva disto é que assim tivemos com que abrir os telejornais a semana toda: Cristiano Ronaldo está quase a 100% - uma informação fundamental para o país.
Era vermelho directo, é verdade. O Costinha foi burro que deus me livre, é verdade (mas ninguém fala disso fora os anti-portistas como se isso nos afectasse imenso). Não tiveram fair-play na jogada que antecede a troçada do Deco para vermelho directo, é verdade. Mas eu pergunto-vos: quantas vezes não gritaram aos vossos jogadores "SEGUE ESSA MERDA" quando a outra equipa está a empatar tempo? Ah,pois... Não é bonito pois não? Mas todos fazemos isto. Eu não sou adepta da selecção portuguesa e muito menos da holandesa, e por isso mais facilmente tenho capacidade para pensar nestes pormenores, enquanto o país se revolta com a imagem do Deco a levar o 2º amarelo quando já devia estar cá fora.

Resumindo: foi feio, demasiado duro e deu-nos mais uma vez má imagem. Mas eu até gostei. Pelo menos deu pica! Já que os três primeiros jogos só davam para adormecer ao menos neste fiquei colada até ao fim.

E agora segue-se a Inglaterra, um velho conhecido que no campeonato da arrogância já ganhou aos pontos. Não há Costinha, não há Deco (adorei um inglês que disse "No Deco, no Portugal" - dava um grande slogan para o que é esta selecção) e o Scolari vai ter de inventar (medo...).
Vamos lá ver se continuamos numa de arrumar com os ingleses em tudo o que é prova. Mas lembrem-se que os espanhóis começaram o último jogo com OLÉS aos franceses e depois foi o que foi.

Estou a ressacar de bola "a sério". Venha mas é o campeonato!

13 comentários:

Adepto Fanático disse...

Fora o scolari!!!

miki disse...

esse ódio com qe falas do maniche, costinha, valente e até deco reflecte bem a vossa coerencia futebolistica... qdo estao nos andrades sao os maiores, saiem.. sao logo os piores ! LoL

Portista disse...

nahhhhhh, os andrades continuam e sempre continuarao a admirar o grande, o Magico Deco! Enquanto os jogadores respeitarem-nos e não forem ingratos nós tb n seremos.
E o DECO nunca o foi, saiu como qualquer jogador sai,pk tb merece conhecer outro caminho, e tem valor pra isso.

A selecçao q ganhe os bifes pk não os curto, e que o Deco assim possa voltar a brilhar.

Já o costinha foi espulso numa infantilidade que deus me livre,sabem pk? pk n tem pernas...mas o scolari axa q é ele o jogador com melhor preparaçao fisica e nos temos q fazer a venia...ou nao :)

Catarina disse...

ódio ao maniche? costinha? deco? nuno valente? deves tar maluco! Gajos que nos deram tudo, que foram os maiores e que, fora um ou outro, continuam a ser? achas mesmo que eu era capaz de ser burra a esse ponto? não comeces a ver coisas onde não existem...

ah,e o scolari é muito bom.

miki disse...

ui, consegues ser mais irónica qe o presidente da tua instituiçao. . . LoL

Adepto Fanático disse...

Agora que estamos nas meias finais, repito... Fora o Scolari ! Acho que o Deco sozinho ganhava os jogos!

dR F. disse...

Buuu...fora so Scolari!!!

O Deco é que levou a equipa ás costas contra a Inglaterra!

Buuu

Adepto Fanático disse...

Holanda em casa, Gana em casa, Austrália em casa, Brasil em casa, Espanha em casa, Coreia do Sul em casa, Túnisia em casa... Espectáculo!

Acima de tudo, tenho gostado de ver futebol. Gosto do atrevimento do Equador, da simplicidade da Alemanha, do pragmatismo da Inglaterra, do espectáculo da Argentina, da objectividade da Holanda, da união da Itália, da maluqueira do Gana, da táctica da Austrália, do Brasil que é sempre o Brasil, da "velha" França (com velhos como Zidane, Henry e Vieira quem é que precisa de gente nova??), da jovem Espanha, da persistente Coreia do Sul, da organizada Tunísia e de todas as selecções cujos resultados não têm sido grande coisa mas que mostram que têm a lição bem estudada.

Lupin IV disse...

Se formos (Portugal) campeões do Mundo podemos por na camisola de todos a estrela dourada ou só na do Deco?

Hihihihi

Depois dos 4 anos do Rui Rio... Mais 2 de Scolari... É a loucuraaaaaaaaaa

dR F. disse...

LOL

Catarina disse...

adepto fanático: antes de criticares as minhas opiniões (que,repito,se mantêm) pq é q não reflectes sobre o facto de há uns tempos também gozares o scolari e a selecção e agora pelos vistos só te faltar subir a estátua do marquês por eles?

Não sei porque é que levam tão a peito o Deco ser o melhor jogador daquela selecção (só talvez igualado/superado pelo Ricardo Carvalho). Eu chamava-lhe frustração mas podem ficar na vossa que eu não quero a bicicleta.

Adepto Fanático disse...

Sim, sou contra um treinador estrangeiro.
Sim, sou contra algumas das opções do seleccionador.
Sim, odeio o Gilberto Madaíl. Não é por isso que, quando é a doer, não deixo de torcer por esta selecção. Quero que ganhem SEMPRE quando é a doer, é assim desde que nasci, até quando lá esteve o Oliveira.

Ninguém tem problemas em reconhecer o optimo jogador que é o Deco, se calhar o mais importante nesta selecção. A questão passa pelas declarações RIDICULAS do homem a quem vocês chamam "papa", que afirmava bastar o Deco para ganhar os 1ºs jogos.
O Ricardo Carvalho tem sido o melhor jogador desta selecção, e para mim o melhor jogador do Mundial.

Catarina disse...

Eu nem falei do Pinto, mas pelos vistos ele continua a atingir-vos como ninguém.

Na final do Euro não parecias muito chateado mas pronto. Cada um sabe de si.